Corpo Docente ESR

Perfil do Instrutor

O corpo docente da Escola Superior de Redes é composto por especialistas, mestres e doutores, com larga experiência docente e profissional. A ideia é apresentar, na mesma equipe, o conhecimento teórico das melhores universidades com as melhores práticas adotadas no mercado de TI. O objetivo é agregar um diferencial significativo na formação do profissional de TI.

Perfil do Monitor

O papel do monitor é resultado da busca permanente pelo atendimento de excelência aos alunos da ESR. Este profissional atua na execução das atividades práticas em laboratório, esclarecendo dúvidas dos alunos e orientando-os nas ações propostas. Desta forma, o instrutor pode se dedicar integralmente à apresentação de sua aula, uma vez que conta com o apoio permanente do monitor para acompanhar os alunos. Os monitores da ESR são selecionados através de um rigoroso processo seletivo, de acordo com o perfil profissional (vivência e experiência prática) demandado pela área em que pretende atuar.

Processo de seleção, qualificação e acompanhamento docente

Seleção

O processo de seleção de instrutores e monitores ocorre, geralmente, de outubro a fevereiro. As vagas são abertas de acordo com as necessidades de cada unidade. 

O processo seletivo ocorre em três etapas:

1. Análise curricular – A coordenação acadêmica de cada unidade faz uma triagem dos currículos recebidos e os envia à Coordenação Acadêmica Nacional, que os analisa juntamente com os coordenadores de área. Nesta etapa são observados itens como formação acadêmica, experiência docente e técnica na área em que o candidato deseja atuar e suas certificações. Os currículos selecionados seguem para a próxima etapa.

2. Entrevista – Esta fase tem como objetivo conhecer melhor o candidato, aprofundar as informações curriculares e mapear seu perfil profissional. Além da avaliação das habilidades técnicas e interpessoais dos candidatos, são especificadas as atribuições do cargo e verifica-se a disponibilidade e o interesse do entrevistado em dar continuidade ao processo.

3. Aula teste – Esta etapa inclui uma aula teste ministrada pelos candidatos, assistida e avaliada por integrantes da Coordenação Acadêmica Nacional da ESR. Tanto os candidatos a instrutor quanto a monitor, obrigatoriamente, devem ministrar aulas teste dos cursos a que se candidatam.

  • Instrutores – O candidato recebe um módulo do curso (conteúdo teórico e slides), material usado para sua preparação e apresentação da aula teste, durante a qual será questionado sobre todo o conteúdo programático do curso.
  • Monitores – O candidato recebe, previamente, a apostila do curso, para o estudo da execução das atividades práticas. Na aula teste, são escolhidas atividades aleatórias para que o candidato as executem e expliquem, didaticamente, os passos aos avaliadores e respondam às perguntas da banca a respeito do conteúdo.

Qualificação

Os professores da ESR iniciam suas atividades com alto nível de conhecimento em suas áreas de atuação. Encontros pedagógicos são promovidos através das ferramentas de colaboração digital da RNP, visando:

  • Proporcionar um espaço de aprimoramento e aperfeiçoamento andragógico, por meio de discussão e troca de experiências sobre a atuação docente, visando melhores resultados no processo ensino aprendizagem e consequentemente no aproveitamento dos alunos.
  • Propiciar e motivar uma postura docente voltada ao ensino centrado no aluno, com uma visão interdisciplinar, prática e profissional.
  • Fornecer ao professor uma visão mais abrangente da área de atuação, da linha acadêmica adotada e da interligação entre os cursos.
  • Apresentar os ajustes propostos no curso, após sua revisão, ou a proposta de um novo curso;
  • Troca de experiências entre docentes e coordenações acadêmicas, com o objetivo de aperfeiçoar a prática docente;
  • Troca de informações a respeito da metodologia e filosofia da ESR
  • Melhorar os resultados obtidos através do feedback dado pelos alunos na avaliação de reação.

Os encontros pedagógicos ocorrem em grupos distribuídos, por área temática e por curso, entre a Coordenação Acadêmica e instrutores. Também ocorrem alguns encontros individuais entre a coordenação acadêmica e os docentes recém-admitidos pela ESR.

Acompanhamento

O acompanhamento do trabalho docente é feito pela equipe da Coordenação Acadêmica. 

  • Para os instrutores novos ou veteranos que ministrarão novos cursos (ou cursos recém-revisados), este acompanhamento é realizado antes, durante e após a execução da turma.
  • Após cada turma ministrada, uma avaliação online é disponibilizada para que os alunos possam avaliar o instrutor, o monitor, o curso e os serviços prestados, além de fazer uma auto-avaliação. O instrutor e o monitor do curso também fazem uma avaliação geral do curso. Os resultados das avaliações são monitorados pela Coordenação Acadêmica.
  • Os indicadores obtidos identificam os pontos que necessitam de ajustes e melhorias pedagógicas e metodológicas implementadas, propiciando melhor orientação dos instrutores e mantendo o alto padrão de excelência praticado.
  • O instrutor recebe o resultado da sua atuação e é contatado pela coordenação sempre que necessário, para o alinhamento dos pontos que podem ser melhorados, a partir da análise de resultados e redimensionamento de ações.

Vagas em aberto:

 Você possui o perfil para ser instrutor ou monitor da ESR? Oferecemos oportunidades de prestação de serviços nas áreas de instrutoria e monitoria. Faça parte deste time vitorioso e venha construir um ambiente de ensino inovador e alinhado às melhores práticas de aprendizagem. Preencha o formulário, e nossa equipe entrará em contato com você: esr.rnp.br/oportunidades